sexta-feira, 6 de julho de 2012

Resenha/Livro: Feia - Constance Briscoe

Olá leitores,como vão?
Hoje vim trazer uma resenha de um livro maravilhoso que terminei essa semana espero que gostem e Comentem do que acharam!



Sinopse - Feia - A história real de uma infância sem amor - Constance Briscoe

Qual será o limite da maldade de uma mãe com sua filha? 

Entreguei a minha fotografia, tirada na escola, para minha mãe. Ela olhava da fotografia para mim. De mim para a fotografia. Então disse: “Meu Deus, como ela pode ser tão feia. Feia. Feia.”

Essas palavras cruéis são apenas o começo. A mãe de Constance foi sistematicamente violenta com a própria filha, física e emocionalmente, durante toda a sua infância. Apanhando e sendo privada de comida, Constance estava tão desesperada, que foi sozinha até o Serviço Social e suplicou por proteção. Quando isso não deu certo, tentou dar fim à vida, tomando alvejante, uma vez que era chamada de “germe” por sua mãe. Desenvolveu caroços nos seios, uma situação médica rara para uma criança, por conta dos beliscões nos mamilos e socos desferidos pela mãe. Quando tinha 13 anos, foi abandonada em casa por sua conta e risco: não havia gás, luz ou comida.
Entretanto, de alguma maneira, Constance encontrou coragem para sobreviver. Esta é a sua comovente — e essencialmente triunfante e inspiradora — história.
Pelo fato de ter relatado as memórias de sua infância em Feia, que já vendeu quase meio milhão de cópias em todo o mundo, Constance foi processada por difamação por Carmen Briscoe-Mitchell, sua mãe. No entanto, o júri foi unânime em reconhecer a veracidade da autobiografia, comprovada pelas cicatrizes, testemunhos e relatos médicos. Durante o julgamento, Constance disse que decidira escrever a sua história como exemplo de superação das adversidades e porque a sua mãe não merecia o seu silêncio.


Feia - A história real de uma infância sem amor - Constance Briscoe


Feia irá contar a historia de Constance Briscoe mais conhecia como Clare, a historia se passa na cidade de Londres, Inglaterra, durante o livro a mãe de Clare Carmen Briscoe (a vilã da historia)  deu esse nome a ela pois achava ela muito transparente no sentido de que poderia ver tudo que ela faz e todos os seus pensamentos. Ela sofre muito na mão da mãe, mal tratada, humilhada por um único motivo ser Feia.
Clare fazia xixi na cama pois tinha enurese mas sua mãe não compreendia esse problema humilhando ela tanto emocionalmente como fisicamente tirava ela da cama de madrugada dando socos nela e apertando o seios dela causando um grave problema.Os pais de Clare são separados depois de uma briga feia que tiveram.
Depois de outra humilhação Clare entra em desespero e vai até o serviço social, mas não da certo isso, ela tenta se matar mas também não da certo,e  quando tinha 13 anos é deixada em casa sozinha sem gás, luz ou comida, ela teve que trabalhar muito para conseguir pagar tudo isso e ainda pagar o aluguel que sua mãe cobrava.
Clare falava muito bem do pai só que eu achava que ele não ligava muito para ela,pelo menos foi a impressão que o livro deu.Constance estuda e trabalha muito até consegui ser advogada, e todos falavam que ela nunca conseguiria.Mas ela conhece uma pessoa maravilhosa, Senhorita Korchinskye professora dela que veio da Polônia mais conhecia como Senhorita K e vira a melhor amiga dela no momento mais difícil de sua vida.
Hoje Constance é juíza, uma das primeiras mulheres negras a presidir a sessão de um tribunal no Reino Unido.Vive em Clapham com seus dois filhos, Martin e Francesca.É casada com Tony Arlidge, membro do conselho da Rainha.
A mãe dela faz crescer um ódio tão grande dentro da Clare que ela não considera mais Carmen como sua mãe e quando ela relata isso pra gente nós acabamos chorando junto com ela.
Foi a minha primeira Biografia mas eu já comecei muito bem com uma maravilhosa historia que te envolve do começo ao fim Clare simpática faz você amar ela do começo ao fim e você se apega a ela de um jeito que até chora no final do livro querendo saber o que aconteceu depois disso e feliz de saber que ela conseguiu tudo que queria.O livro faz você pensar também que sua mãe é a melhor do mundo depois que você conhece Carmen.O livro tem 361 paginas com capítulos médios mas com uma fonte muito gostosa de se ler e com diagramação simples mas boa, folhas amarelas capa linda.
5/5

10 comentários:

  1. Realmente o livro é ótimo Vinícios, você conseguiu me interpretar lendo-o,chorei muito por ver uma infância sem amor ,modo como a doença foi surgindo pelo fato da atenção!

    ResponderExcluir
  2. Ola Vinícios...eu li o livro recentemente e hoje farei um trabalho com ele...foi maravilhoso ler este livro...muita emoção e como vc disse impossível não amar Clare....magnifica historia de vida....e o que mais me agradou foi que e real...e como ela me fez ver que tenho uma vida maravilhosa... Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li esse livro, mas lendo a resenha, percebo que é uma história de superação e garra, coisas que nem todos têm. Ela conseguiu algo que eu mesma não conseguiria: viver em meio ao sofrimento. Que ela seja sempre assim e nunca desista dos seus sonhos.

    ResponderExcluir
  4. esse foi o melhor livro que ja li na minha vida, indico a todos voces.

    ResponderExcluir
  5. Acho q deviam fazer um filme desse livro. Um dos melhores q já li.

    ResponderExcluir
  6. Acho q deviam fazer um filme desse livro. Um dos melhores q já li.

    ResponderExcluir
  7. Um dos livros mais maravilhosos que já li!

    ResponderExcluir
  8. Um dos livros mais maravilhosos que já li!

    ResponderExcluir